• Sandra Sisla

Abordagem Emmi Pkler e movimento

Movimento Livre, abordagem Emmi Plikler




A abordagem Emmi Pikler lança um olhar para o desenvolvimento dos bebês privilegiando a liberdade de movimento, as brincadeiras iniciadas pelas próprias crianças e a qualidade das relações entre o adulto na lida com os bebês, nos momentos dos cuidados.


As crianças que são educadas sob esta perspectiva constroem uma grande segurança emocional, confiam nos adultos e principalmente em si mesmas.


Desde muito pequenas, as crianças revelam competências motivadas pela curiosidade natural e por seu desejo interior de descobrir o mundo. As crianças são as protagonista de seu próprio desenvolvimento e constroem seus movimentos na conquistas de posições por si mesmas, nas experimentações cotidianas, dentro de um ambiente favorecedor .


O desenvolvimento da criança acontece pela integração dos movimentos corporais com o sistema nervoso central, a criança aprende a partir do seu próprio corpo. Para Pikler, as posições intermediárias são tão importantes quanto as conquistadas, pois são essas que promovem o exercício muscular,

de equilíbrio e regulação tônica necessária para a conquista das etapas.


Na prática, o chão é o lugar ideal para que os bebês se desenvolvam em movimento livre sem interferência direta do adulto cuidador. Na área de brincadeira, os objetos são cuidadosamente escolhidos e colocados de forma a enriquecer a exploração. O ambiente é seguro e o adulto não ensina os movimentos, apenas promove e favorece um espaço desafiador para suas conquistas.


As considerações Piklerianas apostam no investimento da autonomia que se dá por meio do aprendizado e da descoberta do mundo por sua própria iniciativa na busca da coerência e sentidos para o desenvolvimento dos bebês.


Sandra Sisla



40 visualizações

© 2018 Criado por Kalinka Araneda