• Sandra Sisla

Períneo funcional e forte

Ter um períneo funcional e forte significa saúde na prevenção de muitas disfunções dos órgãos da pélvis e uma vida sexual proativa.


Ter um períneo funcional significa que os músculos do assoalho pélvico estão funcionando de forma orgânica e estável, que esta rede de músculos está tendo boa sustentação para o apoio dos órgãos internos e portanto, os deixa acomodados confortavelmente dentro da cavidade abdominal.


A não eficiência do assoalho pélvico na sustentação permite que os órgãos como a bexiga, útero, reto, fiquem mais soltos e pela força da gravidade podem ficar mais baixos e com sintomas como incontinências ou prolapsos.


A força muscular revela a potência destes músculos, se estão funcionalmente adequados para sustentar e aguentar aumento de pressão quando acionados. Se estão fortes podem aguentar pressões maiores como tosse, espirro, uma corrida, e até mesmo grande aumento de peso como na gestação.


Estes músculos possuem dois tipos de fibra muscular, as de contração lenta, que são as que demoram a contrair e subir, porém são as que fazem a função de sustentação e as de contração rápida, que quando acionadas respondem rápido, mas sem tanta potência, estas são aquelas que devemos acionar quando tossimos ou espirramos.


Ter um períneo funcional é ter também boa coordenação motora para quando acionamos os músculos voluntariamente, as fibras respondem contraindo, assim como relaxando quando as soltamos. A capacidade de percepção do próprio corpo para uma boa coordenação motora é fundamental. É preciso entender e identificar os músculos em si mesma para aciona-los corretamente. É comum levar todos os grupos musculares envolvidos com a pelves na intenção de contrai-los como os abdominais e glúteos.


A eficiência do períneo significa que ele tem qualidade em sua contração com boa sustentação, que consegue manter esta contração, por um tempo adequado, com firmeza e potência.Ter eficiência é ter também bom tônus, ou seja, músculos que não ficam flácidos, nem duros demais quando estão em repouso.


Podemos trabalhar de diversas formas com os músculos para que sejam funcionalmente eficazes como com aparelhos de eletro estimulação, exercícios ativos, com pesos de cones vaginais, yonni eggs e muito mais. Vai depender sempre da necessidade que se apresenta.


Uma boa avaliação funcional pode dar dicas preciosas na condução de exercícios para estes músculos tão essenciais.

Períneo Funcional

76 visualizações

© 2018 Criado por Kalinka Araneda